V E S T I B U L A R 2018.1
MENU

7 maneiras de colocar em prática o que você aprende na faculdade

Se você é o estudante que só guarda o conteúdo ao usar a teoria em algo real, acompanhe nossas dicas que vão ajudar a facilitar o aprendizado

às 15h49
Compartilhe:

Uma das maiores dificuldades de um estudante que ainda está na faculdade é colocar os conteúdos vistos em sala de aula em prática, afinal, tem gente que realmente só aprende quando consegue usar a teoria em algo real.

Se você está querendo tirar proveito de tudo que aprendeu até agora no seu dia a dia, separamos algumas sugestões que vão lhe ajudar a usar essas lições aprendidas da melhor maneira possível. Que tal conferir?

Procure um estágio temporário

Não existe maneira melhor de tornar real os seus aprendizados da faculdade do que iniciar um estágio renumerado na sua área de trabalho. O estágio é a grande oportunidade do estudante de vivenciar um pouco do universo profissional, realmente aplicando tudo aquilo que ele viu na sala de aula.

Estágios remunerados também são uma ótima oportunidade para você fazer uma graninha, trabalhando com aquilo que, provavelmente, será o seu ganha-pão para o resto da vida. Por isso, não deixe de verificar as oportunidades de estágio que estão listadas sempre no mural da sua faculdade e, é claro, vá bater na porta das empresas e descolar uma chance legal de aprender mais trabalhando.

Faça um estágio voluntário

Quem acredita que estágio é uma atividade que deve ser realizada somente se remunerada, está profundamente enganado. Sabemos que receber um salário por um trabalho que você fará bem feito é sim um direito seu e uma grande motivação para sair de casa, porém, muitas empresas e instituições bacanas nem sempre podem bancar o salário de um estagiário — o que não significa que elas não têm nada para lhe oferecer.

Para o universitário, o conhecimento é a coisa mais preciosa que ele pode adquirir durante os anos de faculdade, por isso, vale a pena abrir os olhos (e o coração) para as oportunidades de estágio voluntário que surgem na sua frente. Não desperdice a chance de trabalhar com algo que você gosta e aplicar os conteúdos que aprende em sala de aula só porque não receberá nada por isso. Lembre-se de que, provavelmente, esse será o único momento na sua vida em que você poderá trabalhar apenas para aprender algo e não necessariamente ter que ganhar dinheiro para se sustentar.

Faça freelas

Sabe qual é uma ótima alternativa para colocar os conteúdos da faculdade em prática e, de quebra, fazer uma graninha extra? Fazendo freelas! Os trabalhos como freelancer não demandam vínculo empregatício e, na maioria das vezes, formação superior, o que significa que qualquer um que tenha talento para executar a tarefa pode se candidatar ao negócio.

Hoje já existem freelas para diversas situações: pode ser um freela de design, de fotografia ou até mesmo de produção de texto. Nesse último caso, especificamente, você pode praticar tudo o que aprendeu na sua faculdade desenvolvendo textos específicos sobre um conteúdo que domina para alguma empresa que deseja comprá-los. Isso é ou não é uma maneira interessante de utilizar o conteúdo que você já domina tão bem?

A grande vantagem do trabalho freelancer para o universitário é que não existe nenhuma burocracia envolvida para se candidatar aos “jobs”. Por isso, o que você está esperando para se tornar um freela?

Participe de um projeto de iniciação científica

Universidades são ambientes que valorizam o desenvolvimento do conhecimento científico em seus alunos, afinal, lá é o local de onde provavelmente virão novos mestres, doutores e pesquisadores de várias áreas do conhecimento. Se você tem vontade de se dedicar à área acadêmica, uma boa maneira de começar a colocar os conteúdos da faculdade em prática é participar de um projeto de iniciação científica na universidade.

Procure as oportunidades disponíveis com a ajuda de seus professores ou simplesmente visitando os laboratórios das aulas práticas que você frequenta. Se você mostrar bastante interesse, provavelmente receberá o convite de algum coordenador de pesquisa para integrar uma equipe de jovens estudantes e pesquisadores.

É possível contar com auxílio financeiro ou não ao se aliar a um projeto desses, entretanto, lembre-se sempre de fazer sua escolha baseada no conhecimento e não necessariamente no volume de dinheiro que você vai receber.

Seja monitor de alguma disciplina

Universitários também têm na monitoria uma ótima oportunidade de colocar os conteúdos que estudam em prática. O monitor de alguma disciplina nada mais é do que um aluno que tirou boas notas naquela matéria e que se disponibilizou a passar o seu conhecimento para outros.

Além de pagar uma bolsa interessante (o que lhe motiva a trabalhar dentro da faculdade e com outros estudantes), a monitoria é uma ótima oportunidade para avaliar se você tem um talento secreto para trabalhar como professor no futuro!

Faça revisão de trabalhos e ajude na edição de dissertações ou monografias

Sabe aquelas aulas de metodologia científica que mais parecem não servir de nada durante o período letivo na faculdade? Se você se dedicar bem a essa disciplina, poderá usar esse conhecimento para ajudar muitos outros alunos de várias universidades — e ainda lucrar com isso.

Quem manda bem na metodologia científica pode se oferecer para fazer revisão de trabalhos acadêmicos, além de auxiliar na edição de monografias e dissertações de outros alunos. Se você manda bem nesse conhecimento que muitas pessoas ignoram — ou simplesmente não têm facilidade para aprender — dedique-se a aplicar melhor tudo o que aprendeu.

Aplique seus conhecimentos em um projeto que poderá ser usado após a sua formatura

Sabe como muitos pequenos e grandes empreendedores começaram seus projetos que são hoje um sucesso? Criando uma ideia ainda nos tempos de faculdade com seus conhecimentos. Quando desenvolvidos em campo universitário, os planos são bem trabalhados porque os estudantes estão com a cabeça fresca para novas ideias e são ousados o suficiente para aplicá-las.

Quer sair da faculdade já com o seu negócio próprio engatilhado? Que tal se juntar a uma turma de possíveis sócios e começar a colocar suas ideias no papel? Se o empreendedorismo está dentro de você, esse talvez seja o melhor caminho para construir uma carreira de sucesso!

 

Compartilhe: