V E S T I B U L A R 2018.1
MENU

Especialistas ou generalistas: o que o mercado procura

Empresas precisam de ambos os perfis para dar certo, e isso tem a ver com as atividades a serem realizadas em cada setor; saiba qual deles você se encaixa

às 13h41
Compartilhe:

Mesmo que o mercado possa apresentar uma desaceleração em função da crise, uma demanda é sempre constante, independentemente da situação econômica das empresas: a busca por talentos e bons profissionais.

Nesse sentido, se traçam diversos perfis dos profissionais mais procurados, na maioria das vezes através da definição de características de personalidade que mais se adaptam e dão mais resultado dentro da organização.

São aspectos comumente relacionados as habilidades comportamentais dos profissionais para lidarem com a complexidade do mundo dos negócios.

Porém, a outro aspecto que nem sempre é tão lógico e gera grandes debates para os profissionais de RH, quando o assunto é a definição de perfil ideal para uma vaga: a empresa precisa de um profissional Especialista ou Generalista?

Cabe rapidamente definirmos quais são as características mais marcantes nesses dois tipos de profissional:

Especialista – Grande conhecimento técnico em áreas estratégicas, com habilidades mais desenvolvidas para trabalhos que exijam conhecimento específico sobre determinado campo de estudo. Busca intensa pela atualização em sua área de conhecimento e foco nas questões pertinentes.

Generalista – Grande capacidade de visão sistêmica e habilidade de gestão e planejamento estratégico da organização. Tem experiência em diferentes áreas do negócio e busca conhecimentos interdisciplinares que apoiem a gestão dos diversos recursos (humanos e tecnológicos).

É claro que qualquer tipo de empresa precisa de ambos os perfis para dar certo, e isso tem a ver com as atividades a serem realizadas em cada setor. Entretanto, tem se observado uma tendência na preferência por profissionais que possuem grandes habilidades em gestão e visão sistêmica (generalistas), mas que tenham pelo menos uma ou duas áreas de conhecimento com certo nível de especialização (especialistas). Ou seja, uma combinação entre os dois perfis.

Isso porque a velocidade das mudanças e a complexidade do mercado exigem que os perfis profissionais sejam cada vez mais completos e adaptáveis. Quanto mais o profissional se aproxima do nível estratégico da empresa (normalmente os cargos mais altos hierarquicamente), mais precisam desenvolver o pensamento e a visão estratégica.

Entretanto, para que as decisões sejam tomadas de maneira correta, é fundamental que este mesmo profissional conheça com alguma profundidade o corebusiness de seu negócio, em todas as etapas de desenvolvimento. E na maioria das vezes o corebusiness é desenvolvido a partir de um conhecimento específico (especialista) que o diferencia dos demais concorrentes.

Generalistas e especialistas são profissionais complementares dentro das organizações. Mesmo assim, é importante perceber que a busca pelos talentos indica que um mix desses dois perfis formam as características do profissional mais procurado pelo mercado nos dias de hoje.

Compartilhe: