V E S T I B U L A R 2018.1

Desbravar interiores e investigar estruturas é trabalho para o Tecnólogo em Radiologia. Conhecer o corpo humano, analisar estruturas metálicas, operar fontes radioativas são algumas das atividades do profissional formado na área.

O Tecnólogo em Radiologia é capaz de atuar em atividades que utilizam radiações ionizantes e diagnóstico por imagem, acompanhando a complexidade dos avanços tecnológicos. Supre a crescente demanda por profissionais com alta qualificação para atender a um mercado de trabalho que tende a ser cada vez mais exigente.

Conheça nossa infraestrutura

Nossos Diferenciais

Curso reconhecido pelo MEC

com excelentes índices de aprovação em concursos públicos.

Matriz curricular

completamente atualizada, que articula ensino, pesquisa e extensão para proporcionar a você uma vivência prática desde os primeiros períodos.

Infraestrutura

com destaque para os laboratórios, destinados à prática em Radiologia.

Corpo docente

composto por mestres e doutores, que vivenciam diariamente a prática da profissão e objetivam contribuir para o avanço da ciência.

Parcerias

com indústrias de equipamentos que estão na vanguarda e apresentam lançamentos de alto padrão para um diagnóstico preciso.

Estágio supervisionado

na rede conveniada, que conta com grandes clínicas e hospitais da capital.

Pesquisa e monitorias

nos quais os alunos auxiliam os professores em investigações e aulas práticas, nos diversos laboratórios, promovendo a cooperação mútua, o avanço da ciência e o estabelecimento de novas práticas pedagógicas.

Práticas extensionistas

que viabilizam o contato com a comunidade e o enriquecimento da formação, desde os primeiros períodos.

Biblioteca moderna

com acervo atualizado e acesso aos principais periódicos do mundo, além de ambientes planejados para estudos e recursos tecnológicos de alto padrão.

Estudar na Facipe

é ter a certeza de escolher uma universidade que oferta condições concretas para o desenvolver das suas atividades com excelência.

Mercado de trabalho

Os profissionais Tecnólogos em Radiologia são rapidamente absorvidos pelo mercado de trabalho, uma vez que se constitui em uma nova profissão de grande aceitação na atualidade.

Os principais empregadores no Brasil e no Mundo são as Clínicas de Imagem, Hospitais com Centros de Diagnóstico por Imagem, Empresas responsáveis por ensaios não destrutivos em estaleiros, aeroportos, montadoras de automóveis, indústria de bebidas, plataformas de petróleo, Empresas de Representações de equipamentos em engenharia biomédica voltados para imagem diagnóstica, dentre outros.

Estudar na Facipe é estar à frente do seu tempo e almejar um futuro de muitas conquistas.

Área de atuação

Pode atuar no gerenciamento do processo de trabalho em todas as especialidades da radiologia diagnóstica (Radiologia Convencional, Tomografia Computadorizada, Ressonância Magnética Nuclear, Densitometria Óssea e Mamografia), incluído a execução de programas de garantia de qualidade (PQG), aquisição de imagens através de procedimentos específicos em Medicina Nuclear além de ser responsável por realizar procedimentos de aplicação das radiações na radioterapia.

O Tecnólogo em Radiologia pode exercer atividades de supervisão e radioproteção e desenvolver pesquisa científica e tecnológica no âmbito da radiologia.

Outra modalidade de atuação é a Radiologia Industrial, onde este profissional realiza ensaios não destrutivos em peças da industrial naval, automobilística, plataformas de petróleo e tubulações de gás, bem como na irradiação de alimentos.

  • Procedimentos de radioterapia;
  • Rastreamento de estruturas metálicas e tubulações de edifícios;
  • Identificar possíveis defeitos na construção;
  • Indústria alimentícia e farmacêutica que fazem uso de fontes radioativas para esterilizar remédios e alimentos;
  • Raio-x, tomografia computadorizada, ultrassonografia, ressonância magnética, mamografia.

Informações

Prof. Dr. Carlos Eduardo de Oliveira Costa Júnior, coordenador do Curso Tecnológico em Radiologia da Facipe, em Ciências Biológicas (Bacharelado e Licenciatura) pela Universidade Federal da Paraíba e Graduado em Tecnologia em Radiologia pela Faculdade Santa Emília de Rodat, tem especialização em Proteção Radiológica e Controle de Qualidade em Radiodiagnóstico – Faculdade Santa Emília de Rodat. Possui Doutorado e Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares pela Universidade Federal de Pernambuco. No magistério, iniciou lecionando em junho de 2007 em curso Técnico de Radiologia (Materdei) e no Ensino Superior em agosto de 2008 no Curso Superior de Radiologia da Faculdade Santa Emília de Rodat. Trabalha na FACIPE desde 2011 como professor do eixo tecnológico e ministra a disciplina de Imagenologia no curso de Biomedicina.

Fale com o coordenador: carlos_eduardo@facipe.edu.br

Docente
Titulação Ingresso Regime Disciplinas Lattes
Andre Luiz de Souza Barros Mestre Horista
Andrezza Pimentel de Santana Especialista Horista
Carlos Eduardo de Oliveira Costa Junior Mestre Integral
Evelyne Gomes Solidonio Mestre Horista
Jeyce Kelle Ferreira de Andrade Mestre Horista
Joelan Angelo de Lucena Santos Doutor Horista
Kleber Souza da Silva Costa Mestre Integral
Marco Vicente da Costa Especialista 01/02/2010 Horista
Marcos Ely Almeida Andrade Doutor Horista
Maria do Socorro Dias de Oliveira Nunes Especialista Horista
Max Wel Caetano de Araujo Especialista Horista
Monica Rodrigues de Andrade Silva Mestre Parcial
Paula Frassinetti Pereira Carneiro Mestre Horista
Salvana Priscylla Manso Costa Mestre Parcial

Geral:

Formar profissionais técnicos de nível superior que utilizem adequadamente os equipamentos de alta tecnologia na área de saúde, voltados para os serviços de diagnóstico por imagem e instituições afins.

Específicos:

• Preparar profissional para atuar na área de radiologia, desenvolvendo competências científicas, tecnológicas e humanas, para o desempenho do exercício profissional ético e qualificado; • Propiciar os conhecimentos teóricos e práticos necessários à formação integral e ao adequado desempenho do profissional em radiologia, assim como noções de legislação, de relações humanas e ética profissional; • Atender as demandas dos mercados regional e nacional, formando profissionais qualificados e atualizados, que acompanhem as inovações científicas e tecnológicas e, que detenham o saber-fazer dessa área de conhecimento; • Garantir a identidade do perfil profissional de conclusão de curso e da respectiva organização curricular; • Incentivar o desenvolvimento da capacidade empreendedora e da compreensão do processo tecnológico, em suas causas e efeitos; • Incentivar a produção e a inovação científico-tecnológica, e suas respectivas aplicações no mundo do trabalho; • Propiciar a compreensão e a avaliação dos impactos sociais, econômicos e ambientais resultantes da produção, gestão e incorporação de tecnologias; • Promover a capacidade de continuar aprendendo e de acompanhar as mudanças nas condições de trabalho, bem como propiciar o prosseguimento de estudos em cursos de pós-graduação.