CPA

cpa

Uma das maiores preocupações da FACIPE é melhorar continuamente a qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão. A Comissão Própria de Avaliação (CPA) é peça fundamental para a execução dessa proposta; seu papel consiste em questionar a comunidade acadêmica sobre seus anseios e desejos de melhoria. Para que essa melhoria seja efetivada, sabemos que a participação de todos os atores que compõem o cenário educacional é primordial.

Professores, alunos, funcionários e a sociedade são essenciais no processo de análise e reconhecimento dos serviços ofertados pela Instituição, sendo assim, ouví-los promove o autoconhecimento e a tomada de decisão. E esse processo ocorre através da Autoavaliação Institucional promovida pela CPA.

A Comissão Própria de Avaliação é prevista pela Lei Federal nº 10.861, de 14 de abril de 2004. De acordo com o disposto no art. 11, cada instituição deve constituir uma CPA com as funções de coordenar e articular seu processo interno de avaliação e disponibilizar informações que possibilitem melhorias funcionais e educativas. Essas comissões devem ser cadastradas no INEP e devem ser compostas por representantes de todos os segmentos da comunidade universitária e da sociedade civil organizada.

Fale conosco

E-mail: cpa@facipe.edu.br

Links importantes

Resultados CPA

Você sugeriu e a Facipe colocou em prática. Aqui a sua voz tem vez. Melhorias Implementadas no Ano de 2015.

Unidade Dom Bosco

a) Ampliação da unidade
b) Construção de novas salas de aula
c) Instalação do novo DAAF
d) Implantação dos laboratórios de Engenharia
e) Ampliação da Biblioteca
f) Implantação da nova lanchonete
g) Aquisição de novos títulos para os cursos de Direito e Engenharias
h) Novos espaços para as coordenações de cursos
i) Reforma do Núcleo de Práticas Jurídicas
j) Contratação de novos agentes educadores
K) Implantação dos cursos de Engenharia Civil e Engenharia Mecatrônica

Unidade Caxangá

a) Construção do novo DAAF
b) Aquisição de novos títulos para os cursos de Saúde
c) Implantação do Raio X Panorâmico
d) Aquisição de microscópios para o Laboratório de Fisiologia
e) Implantação do setor de Esterilização
f) Implantação do SPA para o curso de Estética
g) Implantação do Laboratório de Biomedicina
h) Contratação de novos agentes educadores
i) Implantação do Almoxarifado de Odontologia
j) Construção da nova copa para funcionários

Unidade Madalena

a) Inauguração da 1ª Agência Universitária de Empregos, do Recife, implantada em parceria com a Prefeitura do Recife;
b) Inauguração da nova sede da Facipe, na Madalena
c) Implantação do polo de EAD

Anexo Casa Amarela

a) Aquisição de novo títulos para o curso de ADM
b) Implantação do polo de EAD

Facipe

a) Adesão ao ProUni Municipal;
b) Implantação do Facipe Carreiras
c) Implantação do Facipe Idiomas;
d) Implantação do Ensino por Competências nos cursos da Facipe
e) Capacitação docente em novas Metodologias Ativas de Aprendizagem;
f) Parceria com o financiamento privado Pra Valer;
g) Implantação do setor de Fidelização;
h) Implantação do setor de Patrimônio da Facipe;
i) Implantação do setor de Segurança da Facipe.

Avaliação Institucional

EEm consonância com sua Missão Institucional, com as demandas sociais e em cumprimento às deliberações emanadas do Ministério da Educação, os representantes da Mantenedora e da Mantida da FACIPE instituíram em 27 de setembro de 2004 a primeira Comissão Própria de Avaliação. Ao longo dos anos, a equipe desenvolveu os questionários utilizados para avaliação e este sofreu mudanças contínuas. Em setembro de 2012, a FACIPE iniciou uma nova fase, devido sua incorporação ao grupo SET – Sociedade Educacional Tiradentes. Atualmente a avaliação institucional é realizada dentro do modelo conjunto do grupo SET. Assim, a FACIPE hoje realiza o Programa de Avaliação Institucional Contínua – PAIC – que institui e disciplina as ações e procedimentos que promovem a Autoavaliação Institucional. A implementação do referido Programa é de responsabilidade da Comissão Própria de Avaliação – CPA, designada por ato do Diretor Geral e composta atualmente por sete representantes dos diversos segmentos da comunidade acadêmica e da sociedade civil, e que têm a responsabilidade de conduzir o processo de autoavaliação institucional.

No ano de 2013 a FACIPE iniciou seu novo processo de avaliação, cuja metodologia contempla as 10 (dez) dimensões do SINAES e foram disponibilizadas em Sistema eletrônico, por meio de senhas aleatórias que visavam garantir a transparência, lisura do processo e a privacidade dos respondentes. Vale ressaltar que as avaliações são todas voluntárias e nenhum dos envolvidos é obrigado a realizá-las.

  • Avaliação Interna – De caráter geral, é realizada a cada dois anos. Alunos, professores, coordenadores, gestores e funcionários técnico-administrativos opinam sobre diversos aspectos, tais como infra-estrutura, organização didático-pedagógica, comunicação com a sociedade.
  • Avaliação Nominal Docente e da Gestão Acadêmica – Acontece no decorrer de cada período letivo. A participação do aluno é voluntária e a avaliação indica o seu grau de satisfação com o processo de ensino-aprendizagem desenvolvido por cada professor nas disciplinas em que o acadêmico está matriculado, além de avaliar a forma como a coordenação conduz o curso.
  • Instrumentos Avaliativos – A CPA da Facipe aplicada a cada semestre letivo questionário com a comunidade discente e docente para conhecer os serviços prestados pela instituição.

Conheça os questionários de avaliação

Discente avalia o docente

  1. Atribua um conceito ao Plano de Ensino apresentado pelo professor e se contempla os seguintes aspectos: objetivos, metodologia de ensino, critérios de avaliação, conteúdos e bibliografia (básica e complementar) da disciplina?
  2. Avalie o professor com relação ao cumprimento de horários previstos para início e término das aulas? (Pontualidade)
  3. Como você avalia a frequência do professor às aulas? (Assiduidade)
  4. Avalie se o professor cumpre o conteúdo do Plano Integrado de Trabalho (PIT), disponível no Magister.
  5. Qual avaliação você faz da metodologia de ensino e dos recursos utilizados pelo professor?
  6. Qual avaliação você faz da comunicação entre professor e alunos no processo de aprendizagem?
  7. Avalie o professor quanto à relevância das atividades que articulem a teoria e a prática profissional.
  8. Avalie se atividades propostas na Medida de Eficiência contribui para a construção de novos conhecimentos.
  9. Como você avalia o incentivo do professor para utilização de livros, artigos, periódicos e demais itens do acervo da biblioteca?
  10. Qual a sua avaliação quanto à relevância da bibliografia indicada pelo professor?
  11. Atribua um conceito às avaliações adotadas pelo professor quanto à qualidade das mesmas, coerência com os conteúdos ministrados e com métodos de ensino utilizados.
  12. Como Você avalia a orientação de trabalhos e desenvolvimento de atividades práticas realizadas em sala de aula e/ou aquelas desenvolvidas fora de sala de aula?

Discente avalia a coordenação de curso

  1. Como você avalia a comunicação da Coordenação do Curso com os alunos?
  2. Avalie a atuação da Coordenação do Curso com relação às atividades de estágios, pesquisa, extensão e outras.
  3. Avalie o atendimento prestado pela Coordenação do Curso quanto à eficiência na resolução de problemas.
  4. Qual a sua avaliação da Coordenação do Curso quanto ao domínio das informações sobre a Instituição e quanto à clareza no repasse aos alunos?
  5. Como você avalia o acesso ao atendimento presencial pela Coordenação do Curso?

Docente avalia a coordenação de curso

  1.  Como você avalia a comunicação da Coordenação do Curso?
  2. Como você avalia atuação da Coordenação do Curso, com relação ao acompanhamento das atividades do Programa de Formação Docente, estágios, pesquisa, extensão, monitoria e demais politicas institucionais?
  3. Como você avalia o engajamento da coordenação para o desenvolvimento do curso.
  4. Atribua um conceito a Coordenação de Curso quanto às divulgações das atividades do Colegiado de Curso.
  5. Atribua um conceito a Coordenação de Curso quanto a divulgação de atividades do Núcleo Docente Estruturante.
  6. Qual conceito você atribui a qualidade das reuniões pedagógicas organizadas pala Coordenação de Curso?
  7. Você recomendaria a instituição a outro professor?

Coordenação avalia Docente

  1. Avalie o professor quanto ao preenchimento do PIT no inicio de cada semestre letivo?
  2. Avalie o professor com relação ao cumprimento de horários previstos para início e término das aulas? (Pontualidade)
  3. Avalie o professor a frequência do professor às aulas? (Assiduidade)
  4. Como você avalia a comunicação do docente com a coordenação.
  5. Avalie o docente quanto à participação e envolvimento em eventos do curso (Semana do curso, Semex, Sempeq, Jornada Pedagógica, Seminários, Oficinas).
  6. Avalie a relação interpessoal do professor com os alunos?
  7. Você recomendaria a instituição a outro coordenador?

Informações gerais

  • Regulamentação – Lei Federal nº 10.861, de 14 de abril de 2004
  • Composição – A atual Comissão Própria de Avaliação da FACIPE foi instituída através da Portaria nº 13 de 12 de Agosto de 2013 e tem integrantes do corpo docente, discente e colaboradores da Instituição. São eles:
FUNÇÃO NOME
Presidente da CPA Profa. Mariana Aragão Matos Donato
Representante dos coordenadores Prof. Martha Maria Guaraná
Representante dos docentes Prof. Paulo André Morais Rabelo
Representante técnico-administrativo Geiciane Azevedo
Representante dos discentes Yuri Albuquerque
Representante dos discentes Jeoval Freitas Neto
Representante da Sociedade Civil Organizada Rute Ivete Andrade das Chagas

E-mail da CPA: cpa@facipe.edu.br